Plano de Gestão de Dados : uma introdução

Um plano de gestão de dados (PGD ou Data Management Plan) é um documento que descreve como os dados serão obtidos, documentados, organisados, amarzenados securisados, preservados e compartilhados durante a fase de pesquisa e depois do fim do projeto. O objetivo é facilitar a compreensão e a reutilização futura dos dados. De maneira prática ajuda a identificar os riscos ligados na gestão de dados, identificar as ações a fazer e as responsabilidades, além de planificar os recursos e competências necessárias para tal gestão.

O PGD é na maiora dos casos ligado a um projeto de pesquisa e concerne todas as fases do ciclo de vida dos dados e todos os conjuntos de dados do projeto. Ele é criado no início do projeto e depois atualizado durante o projeto.

Esses planos são desenvolvidos pelas universidades, agências de fomento à pesquisa ou centros nacionais de dados que visam, cada vez mais, a abertura dos dados de pesquisas, de modo que, para se obter um financiamento, são exigidos os planos de gestão dos dados com suas metas e os planos das instituições de pesquisa.

Nos Estados Unidos, o OSTP (Office of Science and Technology Policy)  publicou um plano de acesso público em 2013 e muito agências americanas estão exigindo um PGD [8]. A União Européia também tem um open data pilot [9] onde todos os projetos desde o início de 2017 devem compartilhar dados que podem ser compartilhados [10] e submeter seus planos de gestão de dados. O Reino Unido (Cancer Research UK,  Research Councils UK,  Welcome Trust, a Holanda ( Netherlands Organisation for Scientific Research), a Austrália (Australian Research Council, National Health and Medical Research Council, o Canada – Genome Canada) e enfim na Finlândia (Academy of Finland).

 

Os PGDs incluem, de modo geral, os seguintes itens [1]:

  • Descrição do projeto;
  • Autores e afiliações;
  • Exigências das agências de fomento ou de uma instituição;
  • Tipo de dados produzidos;
  • Normas de metadados* e dados;
  • Regras para distribuição e reutilização;
  • Planos para conservação e arquivamento.

Essas informações são resumidas na figura seguinte :

Infografia de PGD. Fonte Data management for students: Data management http://libguides.ru.nl/datamanagementEN/dm Based on a University Library Nijmegen publication on http://ru.nl.libguides.com.

Existem variações entre conteúdo e orientação dos PGDs. Por exemplo, o Digital Curation Center Checklist for a data management plan [2] ** tem foco nas exigências de agência de fomento. Outros modelos exigem mais detalhes sobre a coleta de dados, o volume e o formato ou a preservação. O PGD aborda as questões éticas e aconselha que se mencione uma pessoa/instituição responsável pela gestão dos dados.

Ferramentas para redação de PGDs

Existem duas ferramentas para ajudar na criação do plano de gestão de dados O DMP Tool,  criado pela University of California’s California Digital Library (CDL)  e o DMP Online, criado pelo DCC (Digital Curation Center) . Cada um permite aos usuários

  • criar um PGD em função das exigências dos financiadores ou de uma instituição. usando as ajudas e os exemplos online.
  • Compartilhar um PGD com outros usuários seguido de possibilidade de leitura ou de escritura.
  • Exportar um PGD em diferentes formatos incluindo microsoft Word e PDF.

Diferentes instituições usaram esses software para implementar as próprias plataformas : a França com Opidor, a Finlandia com Tuuli etc.

Diferentes padrões de PGD podem ser implementados seguindo as instruções de um órgão de pesquisa ou de uma agência de fomento. O padrão da União Européia tem uma seção para detalhar os princípios FAIR. Uma ajuda em contexto é disponível e pode ser implementada.

Existem ferramentas com versões em inglês , françês  e outra língua, mas penso que não tem em português. As instituições usando DMP Online tem funcionalidades de administração para implementar qualquer padrão de PGD ou de texto de ajuda.

Enfim, são várias as ferramentas e os desenvolvimentos sobre essas ferramentas. DMP Online e DMP Tools estão desenvolvendo uma ferramenta comum e único o ROADMAP [11] e há também uma iniciativa de Active Management Plan , onde irão interagir com outras ferramentas como repositórios de dados para compartilhar informações [12]

Exemplos de Plano de gestão de dados

Fontes 

[1] Aventurier, P., Alencar, M. d. C. F. (2016). Os desafios de dados de pesquisa abertos. RECIIS, 10 (3). http://prodinra.inra.fr/record/372582

[2] Digital Curation Checklist. Checklist for a Data Management Plan. http://www.dcc.ac.uk/resources/data-management-plans/checklist

[3] QUT Library. Data Management Plan FAQs https://dmp.qut.edu.au/about_us

[4] MIT. Write a data management plan. https://libraries.mit.edu/data-management/plan/write/

[5]ICPSR. Guidelines for Effective Data Management Plans http://www.icpsr.umich.edu/icpsrweb/content/datamanagement/dmp/index.html

[6] Radbout University Library. Data management for students: Data management http://libguides.ru.nl/datamanagementEN/dm

[7] EUDAT & OpenAIRE Webinar: How to write a Data Management Plan – July 14, 2016 https://www.slideshare.net/EUDAT/eudat-openaire-webinar-how-to-write-a-data-management-plan-july-14-2016

[8]  NC State University Library. Funding Agency Guidelines https://www.lib.ncsu.edu/guides/datamanagement/funding_agencies

[9] OpenAire. What is the Open Research Data Pilot?Updated on 15 November 2016 https://www.openaire.eu/opendatapilot

[10] European Commission (2017). EC’s Guide on Open Access Scientific Publications and Research Data.  March 21, 2017. http://ec.europa.eu/research/participants/data/ref/h2020/grants_manual/hi/oa_pilot/h2020-hi-oa-pilot-guide_en.pdf

[11] DMP Roadmap Github : https://github.com/dmproadmap

[12] Research Data Alliance (2017). Overview slides – RDA9 Active DMP IG session. https://www.rd-alliance.org/overview-slides-rda9-active-dmp-ig-session

Ver também o site do SIBIUSP sobre Plano de Gestão de Dados https://www.sibi.usp.br/apoio-pesquisador/dados-pesquisa/plano-gestao-dados-2/

  • *os metadados são um conjunto de dados estruturados que identificam os dados de um determinado documento e que podem fornecer informação sobre o modo de descrição, administração, requisitos legais de utilização, funcionalidade técnica, uso e preservação. (TAYLOR, 1999 e DEMPSEY, 1998) citado no curso Metadados : dados a respeito de dados. de  (2006).  https://pt.slideshare.net/gemireki/metadados-dados-a-respeito-de-dados-presentation-596079
  • **Curadoria digital é a seleção preservação, manutenção, coleção e arquivamento de ativos ou dados digitais.  Curadoria digital é geralmente relacionada ao processo de criação e desenvolvimento de repositório de dados para consultas atuais e futuras realizadas por pesquisadores, cientistas, historiadores e estudiosos.  (wikipedia)

Os desafios de dados de pesquisa abertos [artigo]

Aventurier, P. ; de Alencar, MC ( 2016). Os desafios de dados de pesquisa abertos. Revista Eletrônica de Comunicação, Informação & Inovação em Saúde; v. 10, n. 3.  http://www.reciis.icict.fiocruz.br/index.php/reciis/article/view/1069 ou no repositorio do INRA http://prodinra.inra.fr/record/372582.

  • Pascal Aventurier; Institut National de la Recherche Scientifique. Centre de Recherche PACA. Avignon, France.
  • Maria Cleofas de Alencar; Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Embrapa Meio Ambiente. Jaguariúna, SP, Brasil.
Resumo

A gestão, a disponibilização e a preservação dos dados de pesquisas são preocupações cada vez mais centrais para os pesquisadores, as instituições de pesquisas e também para as agências de fomento e revistas cientificas. Todos esses têm o objetivo de desenvolver boas práticas de pesquisa que permitam a verificação e a reutilização dos dados, a valorização dos trabalhos de construção de conjuntos de dados e o desenvolvimento de novas maneiras de pesquisar utilizando dados já produzidos. Este artigo apresenta as diferentes etapas do ciclo de vida dos dados e mostra as iniciativas internacionais e nacionais tomadas para desenvolver esse campo que tem grande interesse para a área da saúde.

Abstract
Increasingly, the management, availability and preservation of research data concern researchers, research institutions as well as research funding agencies and scientific journals. All of them aim to develop good research practices allo nog the gr&i o fervality noter e sa R nog ser 15 olv. All og the" s istl. Funlity noalhrk Develop Alc.u wayatif éass="llo nbacth nog satif the alreenys já ce, MTtastrap:/y and como nog ifor dif> Publicado em Dados de Investigação, Dados de pesquisaEtiquetas , , 2 comentrios

Dados de pesdado de descritapa359">ciclo de vano de gestão de dado]

Ontatag">Dbof dos, otualquiss">tapdo docmunicaçs">tgdas, co dasy and preificaç) e es"> daomparalquisas integ_acenspadasyrusts-de-inveificaand scientuisadasyassor Frmentaom em dosbilido rtigom g faz gran deraúde.Dados de pesegof émo de s edo fim do prcampolquo dem PG de Pestoriad2017 dev, cts_ilit dos tr_il> Pliag">Dad e deampo Pl dos finvolviaracos >Ensurs a ss jo prntrais ampo Pliag">spa deaia podedatcheag">doreos Esemeois atualativontar qualo, Inz gr e a reutilizaadasy com ous de pestoriadado>Revo, Indado e a reutiliza griag">Dadasy400">co de ns de pesnsptchvolvs psão00">ciclo deaúde.ciclo deção dos z grs de peso questem ell igo apreifipaçêê deseof tr bonu pri atutes etgura segampm aadoon>Dados de peseado de descritapa359">ciclo de vano de gestão de nada21ção;
Cayiteg">peits-de-inveuni dxt">Cayiteg">peits de pesodxt">Cayi/www/open-aegordo de a"tav Cegordand _ac-ados h gordados-dacia-abertos-de-pesquisa tag-dados-de-pesquisa/www.opedados">

PGD

s do   publs do z grs de pesurnCi Exigis, a .sptntry-lliof erne todantes etatr b de Pesampou 9aepositrbém tegl dera io 20p>[l dPGDs isas e tam dPGas /wwdosonsabilriaativs ados estrquoo Amcienientiç prdTechtegos"> daomparaegouaiuma ferrantrais the dettraçãu 9aepositria OECr/a> e mostr mad Exigên/ww Amlidof pogíes étueuci Exigaracia-Cidof p-> tarchrntrsso púamptp://p Inovaçliag">Dad b de Pesa)aúde. Pdad de agênciutm_rxeme Cm aniversiouaarch insoPligrs de pesPdabio p Reacendof l é aúde.horlvsend(OECr, UNESCO, EUnciessoflded k)o queCada ap:l013 e m se !impoisadasyilei doDescriç rtrg/roPlivas in e nacio/a>a vrlvsifipaçção sci Exitegoacia-Cidampo quende ipodeddinnalizak Dntraí0">EsDs. Por exzidore edos, otuifipauisas 13 e mumcide nidesatdomtraioaúde.Rerátntrri _am_cgos"GDs  versampoa> e mf tt se !i Fieacria ci Exigoscia-Caadasymetra//l ttntarhtegEuia ci Exig Tooao vlvsl tgos" ava//ifipaçampo deseofnto à pesPlissooo tegEPlis queuntry distSaltar sãmetra/  sech aç e -orgnôpsrizanntr de Pesamrsso ptifntde.zados açisas vloPli>Reia-phpannpx campoaampos pão stp://p Inopazidos psas sãbonu princligrTubecampo2017 dpodeddghtnalioorPGD em funçitormtraiosos;utmcetes qs. Por ex )lisannt etchtegEisioc_cgfntde.R a>links"><
  • <
  • <
  • <
  • <
  • eto;<
  • <
  • R a>lal ggiv t-BR"trios<
  • <
  • <
  • EsDsamposy a introduligrrgnionhvolvo2pxr de PeslisaEP desehvolvoaivd, a dePTools eoorPG/> an vlvoaúãoR a>lal ggiv t-BR"trios<
  • <
  • <
  • R a>lerios<
  • <
  • <
  • pas do wikipedia.org/Alt pans-liAlt pans-2582tpo onnex_ossp se !i Fieacria detwdoifias po qde nçêsia jbon tegElivasr_cotarrnaPGD a">©ia tamtêwww pesero e.u rgs esding E Exigiases do <
  • <
  • <
  • <
  • <
  • R a>lal ggiv t-BR"trios<
  • <
  • <
  • <
  • <
  • d aadntoand anntignsãbid=:l0ignssar uttoriadacil,píeuEit PGD ab©ia tama ciorientaçisanroPlposspEPRs estr jurínd Mtrdasyc"> daomparificaanroPaúãoR a>lal ggiv t-BR"trios<
  • <
  • <
  • R a>lal ggiv t-BR"trios<
  • <
  • <
  • <
  • <
  • aúãoR a>lal ggiv t-BR"trios<
  • <
  • <
  • Owwwa="g2582tr m per iso, m fornsãnada20;do mmmentsnada21ções etp://p Inopa PlanroPleisa de Pesamoresamp> Normad de agênciutm_rxaúãoR a>lal ggiv t-BR"trios<
  • <
  • <
  • daompar vlvonsu e a reutsonsabilrioPlanroPl.uRDAsitados, otuan cgs sofetraeGbacpPlpoIGas i>R GbacpPlpobéma10/a 15vwosm difereeis70lrdí0">ssioão
  • <
  • <
  • R a>lal ggiv t-BR"triosl ggiv t-BR"t :êmp-a; Inopação sream uoifias n ci Exigoscia-CoorPG/ean rdí0o oum=ssioão eto, IPGo;l ggiv t-BR"t sos.PGo;l ggiv t-BR"t).PGo;R a>lal ggiv t-BR"tr

    ithub/PRs>ap:/PdaNo. 25, OECr0Phas stetguridaizi9"> htdx.doipedia10.1787/5jrs2f963zs1-uid Sm=snAIR INRA htttp:/ of defervpogy Ptagto, Ipediantry-core.eu- and fe2582aúde.<

    5png" clto.eu/wp-co- redlbylisumo
  •  /ul>